Home / Espiritismo / Colunas / Profecias da Atualidade

Profecias da Atualidade

Sidney Fernandes  14-99772-5892

Profetizaram os videntes de plantão, com base em comunicações mediúnicas, canalizações, textos de Nostradamus e até nos segredos de Fátima, que depois da pandemia por que passamos viriam outras e outras, até que todos os maus fossem eliminados da Terra.

Alguns, mais otimistas, marcaram dia e hora para o fim da pandemia, enquanto outros, pragmáticos, chegaram a apregoar que a divindade não pararia a ação enquanto a sua obra não estivesse concluída.

É bem verdade que a humanidade foi chamada ao despertamento, para reavaliar sua conduta perante as leis divinas e de respeito para com os demais habitantes do planeta Terra, mormente os que pertencem a nações subdesenvolvidas ou em desenvolvimento.

Infelizmente, enquanto a nossa situação está tranquila e equilibrada, esquecemo-nos de que somos moradores do mesmo mundo e achamos que cada um deve se virar sozinho e resolver os seus próprios problemas.

No campo, quando um cavalo é indolente ou rebelde, o domador começa lhe aplicando leves batidas, com varinha de marmelo, em suas pernas. Se o animal estabiliza o galope, tudo bem. Se insiste no empacamento, os golpes sobem para o dorso. Se mesmo assim não se apruma, o animal passa a sofrer o trauma do chicote e das esporas.

Não é exatamente isso o que estamos observando, atualmente, em nossa sociedade? Somente precisaremos passar por novas dores, se as que sofremos não modificarem o nosso interior para melhor. Muitos de nós aprendemos a lição com as batalhas travadas e não tornaremos a repetir os erros do passado.

Daí terem sido prematuras quaisquer profecias, tanto as que previram o caos, como as que cantaram vitórias antes da hora. O futuro será construído a partir do nosso comportamento.

Espíritos podem prever o futuro?

Um homem colocado no cume de uma alta montanha terá uma visão muito mais ampla do que o viajor, pois de um golpe de vista conhecerá todos os acidentes do terreno, de um extremo a outro, na estrada que lhe esteja diante dos olhos.

Espíritos inferiores têm, a exemplo do próprio homem encarnado, visão circunscrita e limitada, pois pouco se afastam do nosso globo, ao qual se acham ligados.

Espíritos superiores, que podem ver o começo e o fim de cada período do ser encarnado, geralmente não revelam o futuro, pois o homem comum não suportaria esse conhecimento.

Daí o cuidado que devemos ter com os atuais profetas do absurdo, pois o futuro do homem é construído a cada dia, em cada gesto e em cada atitude, seja ela altruística ou egoística.

 

Referências: A Gênese, de Allan Kardec.

Sobre Sidney Fernandes

Avatar
Sidney Fernandes (1948@uol.com.br) nasceu em Bauru, em 1948. Gerente do Banco do Brasil e Empresário, hoje está aposentado e se dedica integralmente à veiculação do Espiritismo. Participou ativamente da Mocidade Espírita até integrar-se ao Centro Espírita Amor e Caridade de Bauru (SP). Escritor e orador profere palestras em várias cidades brasileiras. Veja página deste Autor

Veja

Com quem você gostaria de Jantar?

Se lhe dessem a oportunidade de receber alguém em sua casa, quem você escolheria? Difícil …

Levantar os Olhos

Sidney Fernandes – 1948@uol.com.br Levantai os vossos olhos e vede as terras, que já estão …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.