Home / Espiritismo / Doutrina Espirita / Princípios da Não-violência

Princípios da Não-violência

Princípios da Não-violência.

Caso ainda não tenha lido, falaremos semanalmente (1o Post) sobre a Não-violência como ferramenta de mudanças e ações sócias, motivados e motivando, as ações sociais dos Brasileiros de maneira pacífica.
A Não-violência, segundo Gandhi, é a uma lei básica e natural humana. É assim considerada a maneira mais efetiva de princípio de ação social, está em pleno acordo com a natureza humana, e corresponde ao seu desejo inato de paz, justiça, ordem, liberdade e dignidade pessoal.
A violência, degrada e corrompe o homem, combater usando da força bruta contra força bruta, ódio contra ódio, apenas aumenta a progressiva degradação humana. A Não-violência, ao contrário, regenera e desenvolve moralmente a sociedade, trazendo ordem e justiça. A Não-violência não é uma política de tomada ou disputa pelo poder. É uma maneira de transformar as relações, para que assim seja feita uma transferência pacífica de poderes, efetivamente livre de compulsões dos envolvidos, pois todos a vêem como necessária.
Como a Não-violência é um princípio próprio do homem, ela pode ser aprendida por todos, mas Gandhi é cuidadoso em dizer que nem todos irão praticá-la com perfeição, pois assim também não somos. Contudo, todos devemos nos esforçar praticá-la, pois políticas violentas mostram-se falidas, ineficientes, colocando líderes parecidos nas mesmas posições.

 

MKGandhi

Originally posted 2013-07-05 11:00:22.

Sobre Alan Paschoal

Avatar
:^D

Veja

Círito ou Céptico ao Espiritismo? Veja este interessante diálogo de Kardec…

Texto extraído do Livro O que é o Espiritismo de Allan Kardec. O CRÍTICO: PRIMEIRO …

Mais Sempre – Leitura do Livro Rumo Certo

Leitura do Livro: Rumo CertoEscrito por: Francisco C. XavierDitado por: EmmanuelCapítulo 52 – Mais Sempre …

Um comentário