Home / Espiritismo / Doutrina Espirita / As Outras Pessoas – Leitura do Livro Rumo Certo

As Outras Pessoas – Leitura do Livro Rumo Certo

Leitura do Livro: Rumo Certo
Escrito por: Francisco C. Xavier
Ditado por: Emmanuel
Capítulo 36 – As Outras Pessoas

Diante de qualquer pessoa, seja quem seja, inclina-te à bondade e começa por
endereçar-lhe um pensamento de simpatia.

Se renteias com alguém que admiras pelas virtudes que lhe exortam o caráter, pondera
os riscos a que essa criatura se vê exposta pela altura a que se guindou e, calculando os
sacrifícios que terá ela feito para alcançar as responsabilidades em que se situa, oferecelhe
apoio, para que não se lhe desafinem as cordas da alma.
À frente de outra pessoa que consideres errada, com mais razão orarás por ela, rogando
o auxílio da Vida Maior, em seu favor, a fim de que se lhe refaçam as forças.
Farás ainda mais.
Meditarás nas muitas vezes em que essa criatura haverá sofrido o impacto das tentações
que lhe assaltaram a estrada e não acharás motivo para estranheza ou condenação se
refletirem nas lágrimas que ela terá vertido, até que a loucura mental lhe impulsionasse o
coração para o colapso das energias morais em que se escorava dificilmente.

Todos somos defrontados no cotidiano por inúmeras pessoas que a vida nos traz à
observação. Recebamo-las todas na condição de criaturas irmãs, portadoras de recursos
e fraquezas, esperanças e sonhos, tarefas e lutas, problemas e dores semelhantes aos
nossos.

Consideremos, sobremaneira, que ninguém se aproxima de alguém pedindo reprovação
ou azedume.
Todos carecemos de compreensão e bondade.
Quando estamos em paz, o conselho que nos induz ao aperfeiçoamento moral lembra a
lâmpada acesa impelindo-nos para a frente.
Entretanto, quando desajustados pelas conseqüências de nossos próprios erros, já
carregamos em nós próprios fardos de angústia suficiente para suplício do coração.

Doemos a quantos se abeirem de nós o melhor que pudermos: o entendimento e a
fraternidade a boa palavra e o serviço nobilitante.
Convençamo-nos todos de que todos os males, os nossos e o dos outros, ficarão um dia
para trás, em definitivo. Toda sombra chega e passa à feição de nuvem perante o Sol da
Providência Divina todos os mundos e todos os seres se encadeiam na corrente do amor
eterno, em permanente e vitoriosa sublimação.

Caro Amigo:

As casas de caridade vivem de contribuições alheias, ao adquirir um livro espírita, você estará ajudando-as, pois os direitos autorais dos mesmos são a elas destinadas. Então caso tenhas condição de comprá-lo faça-o.

Que Jesus o Abençoe,

Muita Paz!

Sobre Alan Paschoal

Avatar
:^D

Veja

Escultores de Almas – Nada é Inútil

Leitura do Livro: Apelos Cristãos Escrito por: Chico Xavier Ditado por: Diversos Espíritos Capítulo: Nada é …

Leitura Semanal: Perante os Outros

De 26/08 a 01/09 Perante os Outros Nunca desestime a importância dos outros.  Frequentemente só …