Home / Espiritismo / Colunas / Junto e misturado

Junto e misturado

Temos aprendido que a vida física é uma etapa na vida do Espírito imortal. Todas as religiões e filosofias espiritualistas trabalham com esse pressuposto, mesmo aquelas que não aceitam o princípio da reencarnação.

A noção de progresso, qualquer que seja ele, faz parte do entendimento normal humano, muito embora o progresso material seja preocupação maior no presente estado da humanidade.

Como estamos caminhando para o futuro, e em linhas gerais buscando o progresso, é de nosso interesse analisarmos o seguinte questionamento feito por Allan Kardec aos Espíritos Superiores:

Uma vez que a vida no corpo é temporária e que nosso futuro deve ser a principal preocupação, é útil o esforço para adquirir conhecimentos científicos referentes apenas às coisas e às necessidades materiais?

Sem dúvida. Inicialmente isso fará aliviar vossos irmãos; depois, vosso Espírito se elevará mais rápido se já progrediu em inteligência; no intervalo das encarnações, aprendereis em uma hora o que levaria anos na Terra.Todo conhecimento é útil; todos contribuem para o progresso, porque o Espírito para chegar à perfeição deve saber de tudo. Como o progresso tem de se realizar em todos os sentidos, todas as ideias adquiridas contribuem para o desenvolvimento do Espírito.” (1)

Decorre da resposta dada, que o conhecimento deverá favorecer o próximo, e também produzirá maior velocidade no desenvolvimento espiritual.

Interessante notar que o progresso intelectual poderá se dar em maior profundidade no Mundo espiritual, e já sabemos que é necessário a vida física para desenvolvermos, através das provas da vida, o aspecto moral de nossos espíritos, sem a qual não atingiremos nosso propósito maior, conforme nos informa o Espírito Santo Agostinho:

“… para chegar até Deus, há somente um caminho: a caridade.” (2)

Sobre Moral e Instrução, o Espírito da Verdade dá sua contribuição:

“Espíritas! Amai-vos, eis o primeiro ensinamento; instruí-vos, eis o segundo.” (3)

Nota-se que vem, em primeiro lugar, o desenvolvimento moral, porque termina por evitar a vivência de reações dolorosas às nossas ações infelizes que prejudicam o próximo, e que acabam por atrasar nosso progresso sendo motivo de dor para o espírito.

Ao preconizar a instrução, o Espírito da Verdade está nos direcionando para todo tipo de aprendizado, que pode ser produzido inclusive quando o corpo descansa dos afazeres do cotidiano.

Vale parafrasear o pensamento popular “enquanto descansa, carrega pedras”, pedras espirituais, através do exercício mental, conforme nos esclarece a espiritualidade superior:

“Devem-se entender por trabalho somente as ocupações materiais?

– Não; o Espírito também trabalha, assim como o corpo. Toda ocupação útil é trabalho.” (4)

Assim, o desenvolvimento moral e a instrução devem caminhar “juntos e misturados”, para que o progresso espiritual aconteça mais rapidamente.

Resulta do exposto até aqui que precisamos rever nossas atividades nos períodos de descanso físico, buscando sempre o que é mais útil ao espírito imortal, evitando, tanto quanto possível, todo descanso inútil ao nosso próprio espírito.

Pensemos nisso.

Antônio Carlos Navarro

Junto e Misturado

Referências:
(1) O Livro dos Espíritos, Allan Kardec, item 898;
(2) O Evangelho Segundo o Espiritismo, Allan Kardec, cap. XIV;
(3) O Evangelho Segundo o Espiritismo, Allan Kardec, cap. IV;
(4) O Livro dos Espíritos, Allan Kardec, item 675;

Nota do autor:
Os grifos são nossos.

Nota do Editor:
Imagem ilustrativa em destaque disponível em
<https://amywritesromance.com/2012/10/11/last-day-to-vote/book-heart/>.
Acesso em: 26JUL2016.

Sobre Antonio Carlos Navarro

Avatar
Espírita de São José do Rio Preto - SPFrequentador e Dirigente do Centro Espírita Francisco Cândido Xavier em São José do Rio Preto, SP. Estudioso, palestrante e editor de inúmeros textos e conteúdo EspíritaGênero de livros Espírita que prefere: Mediunidade, DoutrinárioIniciou seus primeiros contatos com a Doutrina Espirita: 1986

Veja

Conflitos humanos

A agressividade e a violência comportamental são traços da personalidade humana, nos mais diversos graus, …

Reforma da Previdência versus Lei do Trabalho

“Meu Pai trabalha até agora, eu também trabalho” – Jesus (Jo 6:17) Estamos em meio …