Home / Espiritismo / Doutrina Espirita / Escultores da Alma – Petição de Serviço

Escultores da Alma – Petição de Serviço

Leitura do Livro: Escultores da Alma
Escrito por: Chico Xavier
Ditado por: Diversos Espíritos
Capítulo: Petição de Serviço
SENHOR! Em verdade, não posso ser a lâmpada que clareia o caminho, mas se me amparas, consigo ser a candeia singela capaz de orientar o rumo de algum viajante transviado na floresta da vida. Não posso ser a fonte que dessedenta quantos atravessem as estradas do mundo, no entanto, se me auxilias, consigo ser a concha de água limpa, suscetível de socorrer um doente relegado ao abandono.

Não posso ser a árvore benfeitora que se entrega ao faminto em plenitude de bondade, entretanto, se me ajudas, posso ser a migalha de amor que suprima a penúria de um companheiro desfaleceste de angústia.

Não posso ser a casa acolhedora que albergue todos os deserdados da Terra, entregues às surpresas amargas da noite, mas, se me apóias, consigo ser a mão que se estende ao amigo menos feliz para doar-lhe o calor de tua bênção e dizer-lhe ao coração abatido: – “Deus te abençoe.”

Senhor, reconheço-me pequenino servo de tua causa, no entanto, contigo, a esperança brilhará em minha alma e, com semelhante amparo, seguirei à frente, trabalhando e servindo, no bendito anonimato de minha pequenez, a fim de louvar-te sempre e esperar, agindo e abençoando, a construção da Terra Mais Feliz.

Des Touches

 

 

Caro Amigo:
As casas de caridade vivem de contribuições alheias, ao adquirir um livro espírita, você estará ajudando-as, pois os direitos autorais dos mesmos são a elas destinadas. Então caso tenhas condição de comprá-lo faça-o.

Que Jesus o Abençoe,
Muita Paz!

Resumo da Revisão

User Rating: Be the first one !

Sobre Alan Paschoal

Avatar
:^D

Veja

COLOMBINA

6 – COLOMBINA Mascarada mulher o rabecão trouxera. Morrera em pleno baile a frágil Colombina E, …

Paciência e Vida – Leitura do Livro Rumo Certo

Leitura do Livro: Rumo Certo Escrito por: Francisco C. Xavier Ditado por: Emmanuel Capítulo 41 – Paciência …