Home / Espiritismo / Colunas / Cristianismo e Cidadania

Cristianismo e Cidadania

Sidney Fernandes – [email protected]

Pitágoras, filósofo grego, dizia que o homem é um ser eminentemente social, não consegue viver isolado e tende a se agrupar. A convivência, no entanto, impõe a ordem determinada por regras de conduta.

Atentemos para estas recomendações de um especialista:

Dê o benefício da dúvida; mantenha a calma; saia da frente o quanto antes; ignore gestos obscenos; evite contato visual; não leve para o pessoal; não responda.

Estas são medidas preventivas do consultor de trânsito Denis Freire de Almeida, que visam o cumprimento da lei e a preservação da paz social.

São sugestões muita análogas a estas, de Paulo, o apóstolo:

Seja paciente e bondoso; não inveje, não se vanglorie e não se orgulhe; não maltrate, não se deixe dominar pela ira e não guarde rancor; não se alegre com a injustiça e sim com a verdade; espere, acredite e suporte.

O exercício da cidadania se aproxima da espiritualização do ser humano, pois lembra valores éticos como tolerância, serenidade, equilíbrio, prudência, previdência e empatia.

— Que absurdo! Os tempos atuais não comportam essas divagações cristãs — talvez dirá o caro leitor, à primeira vista.

No entanto, se observarmos o ambiente hostil do trânsito, da convivência profissional, do mundo dos negócios e às vezes social e familiar, essas recomendações poderão evitar contendas e crimes.

Fiquemos com este texto adaptado da obra de David J. Pollay.

Muitas pessoas são como caminhões de lixo. Andam por aí carregadas de lixo, cheias de frustrações, de raiva, traumas e desapontamento. À medida que suas pilhas de lixo crescem, elas precisam de um lugar para descarregar e às vezes descarregam sobre a gente.

Nunca tome isso como pessoal. Isto não é problema seu! É dele! Apenas sorria, acene, deseje-lhes sempre o bem, e vá em frente. Não pegue o lixo de tais pessoas e nem o espalhe sobre outras pessoas no trabalho, em casa ou nas ruas.

Fique tranquilo… respire e deixe o lixeiro passar.

O princípio disso é que pessoas felizes não deixam os caminhões de lixo estragar o seu dia.

A vida é muito curta, não leve lixo com você!

Limpe os sentimentos ruins, aborrecimentos do trabalho, picuinhas pessoais, ódio e frustrações.

Ame as pessoas que o tratam bem. E trate bem as que não o fazem. A vida é dez por cento do que você faz dela e noventa por cento da maneira como você a recebe!

Sobre Sidney Fernandes

Sidney Fernandes ([email protected]) nasceu em Bauru, em 1948. Gerente do Banco do Brasil e Empresário, hoje está aposentado e se dedica integralmente à veiculação do Espiritismo. Participou ativamente da Mocidade Espírita até integrar-se ao Centro Espírita Amor e Caridade de Bauru (SP). Escritor e orador profere palestras em várias cidades brasileiras. Veja página deste Autor

Veja

Quando Caírem os Véus

Sidney Fernandes Mas quando se converterem ao Senhor, então o véu se tirará. Paulo Como …

Logo Estarei com Você…

Sidney Fernandes Duas histórias bem semelhantes, mas com finais diferentes. Ambas se passam na França …