Home / Espiritismo / Doutrina Espirita / Alvorada do Reino – Servidor da Última Hora

Alvorada do Reino – Servidor da Última Hora

Leitura do Livro:  Alvorada do Reino
Escrito por: Chico Xavier
Ditado por: Emmanuel
Capítulo: Servidor da Última Hora

 

No estudo da posição daquele trabalhador de última hora, credor de precioso salário, a que se reporta o Evangelho, mentalizemos uma oficina com determinada tarefa a realizar. Revelando as diretrizes, que lhe governam a experiência, convocou diversos operários para o serviço em expectação.

Os primeiros chegados, quando a manhã surgia promissora, começaram a examinar indefinidamente a obra, discutindo particularidades e nugas, com menosprezo do tempo.

Os segundos, trazidos a realização, sentiram-se repentinamente cansados, acreditando muito mais na própria indisposição orgânica que no poder de agir que lhes era peculiar.

Os terceiros, transportados ao recinto quando o Sol avançava, preferiram invariável repouso, à espera de orientação e esclarecimento, como se a oficina lhes não houvesse ofertado, previamente, o programa de ação.

Os demais, conduzidos à casa nas derradeiras horas do dia, estacionaram na queixa e no desânimo, no medo e na distração…

Acotovelavam-se todos, inutilmente, esquecidos de que o serviço lhes rogava devotamento e consagração.

Eis, porém, que nos últimos instantes do dia, o servidor diligente é trazido ao trabalho e atende-o sem discussão.

Naturalmente que a esse o vencimento é mais justo, pelo esforço construtivo que lhe assinalou a presença e lhe marcou a decisão.

Conserva contigo o ensinamento do Divino Mestre e não desfaleças.

Ao longo de teus passos, aparece no mundo a sementeira do bem, que te pede renúncia e boa vontade, sacrifício e compreensão.

Desperta e efetua a obra de amor a que foste chamado, porque o valor de tua existência na carne não será conferido pelos dias longos que desfrutes na Terra ou pelos tesouros do corpo e da alma que retenhas contigo, mas, sim, pela tarefa executada no bem incessante que te será coroa de luz, na luz da Vida Real.

Onde fores defrontado pela calúnia, sê a palavra amiga do esclarecimento benéfico.

Indolência e desânimo, são ervas parasitárias, aniquilando-te a produção.

 

Caro Amigo:
As casas de caridade vivem de contribuições alheias, ao adquirir um livro espírita, você estará ajudando-as, pois os direitos autorais dos mesmos são a elas destinadas. Então caso tenhas condição de comprá-lo faça-o.

Que Jesus o Abençoe,
Muita Paz!

Resumo da Revisão

User Rating: Be the first one !

Sobre Alan Paschoal

Avatar
:^D

Veja

Polêmica Religiosa – Leitura do Livro A Coragem da Fé

Leitura do Livro: A Coragem da Fé Escrito por: Carlos A. Baccelli Ditado por: Bezerra …

Escândalo e Nós – Leitura do Livro Rumo Certo

Leitura do Livro: Rumo Certo Escrito por: Francisco C. Xavier Ditado por: Emmanuel Capítulo 34 …