Home / Espiritismo / Doutrina Espirita / Alvorada do Reino – Na senda da Ascensão

Alvorada do Reino – Na senda da Ascensão

Leitura do Livro:  Alvorada do Reino
Escrito por: Chico Xavier
Ditado por: Emmanuel
Capítulo: Na senda da Ascensão

 

O animal caminha para a condição do homem, tanto quanto o homem evolui no encalço do anjo.
No reino animal, a consciência, à feição de crisálida, movimenta-se em
todos os tons do instinto, no rumo da inteligência.
No reino hominal, a consciência avança em todos os aspectos da
inteligência, objetivando a conquista da razão sublimada pelo discernimento.
E, no reino angélico essa mesma consciência, em múltiplas expressões de
sabedoria e de amor, segue, vitoriosa, para a perfeita santificação, comungando a
Perfeita Felicidade do Pai Celestial.
No campo das formas efêmeras, cada ser, portanto, pode residir, à parte,
na elaboração dos próprios valores que o erguerão aos níveis mais altos da vida,
entretanto, no mundo das essências, imanar-se-á com o Todo da Criação, crescendo
para a Unidade Cósmica – porto divino e esperar-nos sem distinção – de modo a investirnos,
um dia, na posse da celeste herança que nos é reservada.
Desse modo, se pedes proteção e arrimo aos que te precederam na
vanguarda do progresso e se aguardas a assistência dos benfeitores que, de Mais Alto, te
observam as esperanças, compadece-te também das criaturas humildes que
laboriosamente se agitam na retaguarda, peregrinando ao teu encontro.
Se é justo esperar pelo amor que verte sublime, do Céu, em teu benefício,
é preciso derramar esse mesmo amor na furnas da Terra, a que consciências
fragmentárias se acolhem, contando contigo para que se eduquem e aperfeiçoem.
Para o homem, o anjo é o gênio que representa a Providência Divina e para
o animal o homem é a força que representa a Divina Bondade.
Recorda os elos sagrados que nos ligam uns aos outros na estrada evolutiva
e colabora na extinção da crueldade com que até hoje pautamos as relações com os
nossos irmãos menores.
Lembra-te do mel que te angaria medicação, da lã que te oferece o
agasalho, da tração que te garante a colheita farta e do estábulo que te assegura
reconforto e sejamos mais humanos para com aqueles que aspiram a nossa posição,
dentro da Humanidade.
Auxilia aos que te seguem os passos e mantém a certeza de que receberás
em pagamento de paz e luz o concurso daqueles que te antecederam no acesso à
culminâncias da Vida Maior.
A fé nos confere consolação, mas, nos reveste de responsabilidade a
que não podemos fugir.

Caro Amigo:
As casas de caridade vivem de contribuições alheias, ao adquirir um livro espírita, você estará ajudando-as, pois os direitos autorais dos mesmos são a elas destinadas. Então caso tenhas condição de comprá-lo faça-o.

Que Jesus o Abençoe,
Muita Paz!

Originally posted 2014-10-04 18:55:49.

Resumo da Revisão

User Rating: Be the first one !

Sobre Alan Paschoal

Avatar
:^D

Veja

Escultores de Almas – O Problema da Cremação

Leitura do Livro: Apelos Cristãos Escrito por: Chico Xavier Ditado por: Diversos Espíritos Capítulo: O …

Escultores de Almas – Migalhas

Leitura do Livro: Apelos Cristãos Escrito por: Chico Xavier Ditado por: Diversos Espíritos Capítulo: Migalhas …