Home / Espiritismo / Doutrina Espirita / Alvorada do Reino – Exaltemos a Vida

Alvorada do Reino – Exaltemos a Vida

Leitura do Livro:  Alvorada do Reino
Escrito por: Chico Xavier
Ditado por: Emmanuel
Capítulo: Exaltemos a Vida

Não matarás – determina a Lei.

Não basta, porém, te prives de furtar o corpo aos semelhantes.

Aprendamos a cultivar a vida, engrandecendo-a, aqui e além, hoje e sempre.

Não mates o tempo com o veneno da inutilidade, porque pela sombra das horas que aniquilas em vão, serás visitado pelas trevas tentadoras da maldade e do crime, compelindo-te talvez, a investir muitos séculos do futuro em pesados compromissos.

Não aniquiles a confiança do próximo com a lâmina da aspereza ou da ingratidão, de vez que pela dor do vizinho que menosprezas, podes ser constrangido a inquietantes padecimentos de reajuste.

Não apagues o entusiasmo de teu irmão nas boas obras, nas quais nos sentimos atraídos pelo ideal superior, porquanto, o fel de teu pessimismo pode induzi-lo ao desânimo, estabelecendo aflitivos débitos em teu próprio desfavor.

Não extingas a fé que brilha no coração dos companheiros, manejando a lança do desapontamento ou da incompreensão, porque o frio em que envolves a tarefa dos outros, será, mais tarde, neve de angústia e desencanto ao redor de teus passos.

Não extermine a luz, a alegria, a paz, a esperança, o trabalho ou o otimismo dos que marcham contigo, lado a lado, na mesma senda de luta, na convicção de que a morte por tuas mãos será sempre morte a ti mesmo.
Entronizemos a vida em nossa alma e adubemo-la com a nossa boa vontade na extensão do progresso e do serviço, da harmonia e do amor, e, ainda mesmo a pretexto de legítima defesa, abstenha-se do mal, recordando, com o Divino Mestre que a cruz do supremo sacrifício será sempre brilhante ressurreição.

Na tarefa de esposo, desculpa a fraqueza ou a exasperação da companheira, nos dias cinzentos da incompreensão; e, no ministério da esposa aprende a perdoar as faltas do companheiro e a esquecê-las, a fim de que ele se fortaleça no crescimento do bem.

 

Caro Amigo:
As casas de caridade vivem de contribuições alheias, ao adquirir um livro espírita, você estará ajudando-as, pois os direitos autorais dos mesmos são a elas destinadas. Então caso tenhas condição de comprá-lo faça-o.

Que Jesus o Abençoe,
Muita Paz!

Resumo da Revisão

User Rating: Be the first one !

Sobre Alan Paschoal

Avatar
:^D

Veja

Luz no Lar – No lar

Domingo é o dia em que muitos espíritas reservam para o evangelho no lar, publicaremos …

Quarta-Feira: Lições de Emmanuel

Leitura do Livro: Rumo Certo Capítulo 1. Ele Atenderá Quando atravesses um instante considerado terrível, …