Home / Espiritismo / Doutrina Espirita / Alvorada do Reino – No Campo de Provas

Alvorada do Reino – No Campo de Provas

Leitura do Livro:  Alvorada do Reino
Escrito por: Chico Xavier
Ditado por: Emmanuel
Capítulo: No Campo de Provas

Ferir o corpo com a desculpa de conquistar a ascensão da alma é operar o suicídio indireto, pelo qual menosprezamos a Infinita Bondade que no-lo empresta, a fim de que o sol do progresso nos assinale a existência.
Atendendo as sugestões dessa ordem, copiaremos, insensatos, a decisão infeliz do lavrador que destruísse a enxada que o serve, na suposição de auxiliar ao campo, ou o impulso delituoso do operário que desorganizasse as peças da máquina que o obedece, a pretexto de ser mais útil.
O engenho físico é o templo em que somos chamados à escola da regeneração.
Nele possuímos a harpa da vida, em cujas cordas podemos desferir a melodia do trabalho e do sacrifício, da abnegação e do amor, preparando o próprio
acesso à exaltação da imortalidade.
O cilício mais precioso ao nosso grande futuro será sempre o da própria renunciação em benefício da felicidade dos outros, aprendendo a ceder de nossas
opiniões ou de nosso conforto em auxílio dos corações que nos partilham o calor do teto, os quais, muitas vezes, em provação mais árdua do que a nossa, nos reclamam entendimento e bondade ao preço de nossa dor.
Saibamos sorrir entre lágrimas, fatigar-nos no amparo aos que Deus nos confia, emudecer nossa excessiva agressividade, abraçar quem nos fere e apagar nossos próprios sonhos, a fim de que a segurança e a tranqüilidade se façam junto de nós naqueles que nos comungam a experiência e somente assim nossa exaustão corpórea será compreensível e justa, porquanto, de nosso cansaço terá nascido a ventura daqueles que atravessam conosco o vale da sombra terrestre, à procura da luz inextinguível, que reina, soberana, na Espiritualidade Maior.
Quanto mais clara a nossa luz, mais alta a nossa dívida para com as sombras.

Quanto mais sublime as nossas noções do bem, mais imperiosos os
nosso deveres de socorro às vítimas do mal.

 

Caro Amigo:
As casas de caridade vivem de contribuições alheias, ao adquirir um livro espírita, você estará ajudando-as, pois os direitos autorais dos mesmos são a elas destinadas. Então caso tenhas condição de comprá-lo faça-o.

Que Jesus o Abençoe,
Muita Paz!

Resumo da Revisão

User Rating: Be the first one !

Sobre Alan Paschoal

Avatar
:^D

Veja

Apostilas da Vida – Libertemo-nos

Leitura do Livro: Apostilas da Vida Escrito por: Chico Xavier Ditado por: André Luiz Capítulo: Libertemo-nos O homem, …

A Pureza da Não-violência.

A Pureza da Não-violência. Ainda na série Não-violência como ferramenta de mudanças e ações sociais, motivados …