Home / Espiritismo / Comportamento / Advogado Defensor do Casamento

Advogado Defensor do Casamento

Os conselhos que o advogado Rafael Gonçalves, de São Sebastião do Paraíso (MG), deu a uma cliente lhe renderam fama instantânea nas redes sociais literalmente da noite para o dia. Após um atendimento, ao passar a lista de documentos necessários para o divórcio, o profissional incluiu perguntas que levariam a pessoa a refletir sobre a decisão. O casal acabou desistindo de se separar, Gonçalves contou a história no Facebook  com autorização dos envolvidos. Dois dias depois a história teve 48 mil compartilhamentos e 327 mil curtidas.

Surpreso com a repercussão, depois de dar diversas entrevistas para rádios, TVs, jornais e sites de notícias de todo o país, Gonçalves conta que sempre costuma fazer essas perguntas às pessoas que o procuram pensando em se divorciar, mas foi a primeira vez que fez por escrito: “No final do atendimento, eu percebi que ainda havia um resquício de carinho, então resolvi incluir as perguntas no papel”, conta o advogado.

No dia 24 de fevereiro, quando viu o casal chegando ao escritório pelas câmeras de segurança do escritório, ele pensou que os dois houvessem decidido pelo divórcio e até começou a preparar a papelada. Quando eles entraram e contaram que haviam mudado de ideia, o advogado brincou: “Perdi uma cliente”. O marido da “ex-cliente” respondeu: “Mas ganhou um casal de amigos”.

Eternamente pobre

Gonçalves reconhece que perde várias causas por incentivar os casais a insistirem no casamento. “Meus amigos brincam que vou ficar eternamente pobre, porque deixo de ganhar muito dinheiro com ações [desse tipo]”, conta. Ele relata que também ajuiza ações para pacientes de câncer que precisam de remédios, e não cobra por isso.

O advogado diz que acredita no casamento e não aconselha o divórcio para ninguém. Ele cita como exemplo seus pais, que são casados há quase 30 anos. “Eles tiveram crises e crises. Talvez, se tivessem procurado um advogado que incentivasse o divórcio, hoje estariam separados ”.

Apesar de ser um defensor tão ferrenho do casamento, o profissional de 26 anos ainda não é casado. Ele conta que alguns questionam como alguém que não tem experiência com casamento pode querer aconselhar os clientes. Mas, para ele, o distanciamento pode ser uma vantagem: “Às vezes quem está fora da relação tem outra visão. E o advogado tem que atuar como um psicólogo da causa”, argumenta e cita que cursou alguns meses da pós em psicologia jurídica.

Depois de toda a repercussão em tão pouco tempo, Gonçalves publicou em sua página do Facebook – que conta com 49 mil seguidores: “Agora só falta encontrar a minha futura esposa né ?!”

Fonte: http://www.em.com.br

Sobre Fernando Rossit

Avatar
Fernando Rossit é funcionário público e reside em São José do Rio Preto. Espírita desde 1978, atua em várias tarefas nas casas espíritas "Associação Espírita Allan Kardec" e "Centro Espírita Irmão Gerônimo".

Veja

O Arrependimento se dá em Vida ou Depois da Morte?

O arrependimento se dá no estado corporal ou no estado espiritual? Vejamos a Questão 990 …

Demônios são Espíritos Humanos Bons ou Maus?

No Cristianismo, faz séculos, há uma crença, cada vez mais insustentável, a respeito dos demônios. …