quinta-feira , novembro 15 2018
Home / Espiritismo / Comportamento / A Morte Não é Nada

A Morte Não é Nada

1

A morte não é nada.

Eu apenas passei para o outro lado:

É como se estivesse escondido no quarto ao lado.

Eu sou sempre eu, e tu és sempre tu.

O que éramos antes um para o outro ainda somos.

Liga-me com o nome que você sempre me deu, que te é familiar;

Fala-me da mesma forma carinhosa que tens usado sempre.

Não mude teu tom de voz, não assuma um ar solene ou triste.

Continua a rir daquilo que nos fazia rir,

Daquelas pequenas coisas que tanto gostávamos, quando estávamos juntos.

Reza, sorri, pensa em mim!

Que o meu nome seja sempre uma palavra familiar…

Diga-o sem o mínimo traço de sombra ou de tristeza.

A nossa vida conserva todo o significado que sempre teve:

É a mesma de antes, há uma continuidade que não se quebra.

Por que eu deveria estar fora dos teus pensamentos e da tua mente, apenas porque estou fora da tua vista?

Não estou longe, estou do outro lado, na mesma esquina.

Fica tranquilo, está tudo bem.

Vou levar o meu coração,

Daí acharás a ternura purificada.

Seca as tuas lágrimas e se me amas, não chores mais,

O teu sorriso é a minha paz”

(Henry Scott Holland)

 

Originally posted 2017-08-22 08:00:19.

Sobre Fernando Rossit

Fernando Rossit é funcionário público e reside em São José do Rio Preto. Espírita desde 1978, atua em várias tarefas nas casas espíritas "Associação Espírita Allan Kardec" e "Centro Espírita Irmão Gerônimo".

Veja

O que Fica de Pé?

Este segundo semestre de 2018 foi marcado por uma tragédia em relação ao patrimônio cultural …

O Perdão Liberta

   “…O mundo está cheio dessas pessoas que tem o sorriso nos lábios e o …