Home / Atualidades / A Morte da cantora e compositora Marília Mendonça

A Morte da cantora e compositora Marília Mendonça

No dia 5 de novembro de 2021, Marília Mendonça embarcou em um táxi aéreo, em Goiânia, junto de seu produtor Henrique Ribeiro e de seu tio e também assessor Abicieli Silveira Dias Filho, com destino a Caratinga, no interior de Minas Gerais, onde faria uma apresentação. O avião que transportava a cantora, um bimotor Beech Aircraft fabricado em 1984 que segundo a ANAC estava em situação regular e possuía autorização para realizar serviço de táxi aéreo, caiu em Piedade de Caratinga após atingir um cabo de uma torre de distribuição de energia da empresa Cemig, a poucos quilômetros do aeroporto em que faria o pouso. Por volta das 16h30, a assessora da artista emitiu um comunicado à imprensa, informando que todos os ocupantes do avião já teriam sido resgatados e estavam bem, o que foi em seguida desmentido pelos bombeiros. Cerca de uma hora depois, a morte de Mendonça e dos demais tripulantes, incluindo o piloto e o copiloto da aeronave, foi confirmada em nota oficial. (https://pt.wikipedia.org)

Quando alguém, no auge das realizações humanas e do sucesso, morre inesperadamente, causa em todos nós um sentimento de vazio, de tristeza, piedade, mesclados, muitas vezes, de dúvidas a respeito do sentido da vida – sobretudo para aqueles que ainda não compreenderam que “a vida não oferece garantias. Apenas chances e possibilidades”.

A morte escancara sua face de modo a fazer-nos refletir sobre a fragilidade da vida, sua finalidade, seus porquês.

Vivemos um período de mediocridade nas artes, na política, as relações sociais estão contaminadas pelo ódio e rancor, e quando “perdemos” alguém de valor para nós, às vezes nos sentimos desolados.

Afinal, quando a Terra será habitada por pessoas voltadas ao bem dos outros?

Por que tantos homens e mulheres de valor para a sociedade nos deixam “órfãos” e partem mais cedo?

Por um instante, pouco duradouro, saímos de nós mesmos para tentar enxergar um significado para tudo isso.

Sim, a menina de 26 anos desencarnou. Voltou para sua casa, para a pátria espiritual. Voltou porque a vida na terra é prisão e a prisioneira já estava apta para retornar ao berço da vida espiritual, a única imperecível e verdadeira.

É comum os bons morrerem antes, afinal a Terra é hospital de almas. É também presídio educador. Uma vez paga a pena, liberta-se o prisioneiro.

Voltou para cantar louvores à verdadeira vida. Voltou porque reencarnou com o bilhete de retorno de viagem já emitido. Chegou o seu momento, como chegará o de todos nós.

Segundo os Espíritos, a arte existe entre nós como benção divina a minorar nossa dor.

Que o essencial permaneça.

Que a nossa irmã receba nossas preces, nosso carinho, nosso reconhecimento e gratidão pela breve passagem pela Terra nessa existência.

Obrigado, Marília Mendonça.

 

Fernando Rossit

Sobre Fernando Rossit

Fernando Rossit é funcionário público e reside em São José do Rio Preto. Espírita desde 1978, atua em várias tarefas nas casas espíritas "Associação Espírita Allan Kardec" e "Centro Espírita Irmão Gerônimo".

Veja

Fila para reencarnar: Certo ou Errado?

Ouvimos com frequência: – a fila está grande para reencarnar… É isso mesmo? Bem, reencarnar …

Espiritismo E Sonhos Eróticos

Você sabe o que são sonhos eróticos? Você já ouviu falar de incubus e sucubus? …

3 comentários

  1. bom dia. no calor dos acontecimentos, naturalmente nos foge a compreensão dos fatos rotineiros que vão acontecendo no dia a dia. às vezes uma dessas ocorrências envolve pessoa extremamente querida por todos, tal como essa incrível Marília Mendonça, e o impacto também passa a ser proporcionalmente doloroso. a vida por aqui é assim mesmo ela partiu nos deixando como que órfãos mas certamente semeou entre nós uma semente cheia de amor, carinho e compreensão para com todos. também nos deixou um legado fabuloso: que continuemos a sua obra oferecendo ao próximo carinho, amor, compreensão e sobretudo ACOLHIMENTO nas dificuldades que certamente ocorrerão.
    extraordinário exemplo a ser seguido hoje, amanhã e sempre.
    felizes somos por ter convivido, mesmo que distante, com esse exemplo de pessoa que foi e sempre será Marília Mendonça.
    que a infinita bondade Divina lhe acolha e forneça a seus familiares e amigos o conforto necessário para a retomada.

  2. Com a partida da Rainha Marilia Mendonça, me despertou o desejo de entender mais sobre o espiritualismo, espiritualidade. Quero entender o que ela pode esta sentindo, onde ela pode estar. Foi tão jovem, estava tão presente na vida dos brasileiros, deixou uma sementinha.

    • bom dia, Fabio
      é muito bom o despertar para novos conhecimentos que nos leve a uma melhor vivência. a grande dica, se você me permitir, é: procure um Centro Espírita, pois todos os nossos Centros Espíritas estão muito bem preparados para lhe recepcionar e indicar um novo norte, mas lembre-se de que apesar do norte, a trilha deverá ser sua, pois cada um de nós somos singular.
      normalmente o espírita lê muito as obras básicas e obras acessórias. BOA SORTE

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.