Home / Espiritismo / Colunas / 10 maneiras de relaxar a mente

10 maneiras de relaxar a mente

A coluna de hoje não tem fundamento na doutrina espírita, mas poderá lhe auxiliar nos trâmites do dia a dia, relaxar, reduzir o estresse das tarefas diárias, clarear a mente diante um problema, enfim, publico esta lista resumida hoje com o intuito de lhe ajudar a estar melhor consigo e trazer leveza ao seu espírito. Vamos lá:

1. Medite

Não é necessário fazer cursos e aprender a meditar como um especialista. Mas parar um pouco é preciso. Tire um tempo para ficar sem fazer nada. Tire alguns minutos e respire com calma, faça exercícios relaxantes ou simplesmente fique apenas deitado, sem pensar em problemas e no que vai fazer no minuto seguinte. Se preferir, procure por lugares mais tranquilos como bosques, igrejas ou até mesmo seu quarto. A ideia é esvaziar por alguns momentos a mente para que ela tenha um descanso.

2. Leia um bom livro

A leitura desperta a atenção, mas sem gerar cansaço mental. Isso porque ela ativa o prazer e proporciona uma sensação de bem-estar. Portanto, estipule um horário para se dedicar a uma leitura. Sua mente agradece e o corpo também. Se você não tem hábito de ler, comece a ler temas com quais você se identifica. Se gosta da doutrina espírita por exemplo, leia e estude sobre isso; se gosta de gosta de jardinagem, leia livros afins e por assim se prossegue.

3. Dedique-se a um hobby

Fazer algo com prazer é um antídoto para o estresse. Para relaxar a mente e fugir da pressa diária, dedique-se a um hobby pelo menos duas vezes por semana. Pode ser um jogo, uma coleção, um esporte. A escolha fica por sua conta. O importante é se desligar um pouco dos problemas e dedicar sua atenção a algo que cause bem-estar.

4. Faça atividade física

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), a prática de uma atividade física pode trazer grandes benefícios à saúde. E um deles é a manutenção da saúde mental e psicológica de quem a pratica. É indicado que se pratique 20 minutos ao dia, perante às 24 horas que temos em um dia, é menos do que 1% das horas totais. Se você não gosta de exercícios pesados ou não tem costume, caminhe um pouco. Se utiliza transporte público, desça um ou dois pontos antes do habitual, ou estacione o carro um pouco mais longe para compensar a caminhada. Se adapte no seu ritmo.

5. Saia em boas companhias

A descontração proporcionada por um programa com os amigos e/ou boas companhias ajudam a relaxar a mente e proporcionam prazer. Tire momentos para passeios, visitas e atividades sociais sempre.

6. Faça o bem

Fazer o bem proporciona uma sensação maravilhosa de pertencimento. Segundo a psicóloga Olga Inês Tessari “o ser humano é um ser social, gosta de viver em grupos e sente prazer quando, de alguma forma, colabora para o bem-estar do outro.”

7. Evite pensamentos negativos – Ore sempre

Fuja dos pensamentos negativos e dê ênfase a conversas, pessoas e atividades que elevem o astral e proporcione bem-estar. O pessimismo cansa a mente a há estudos que comprovam a ação dele na causa de várias doenças.
Ore sempre! A palavra de Deus nos mostra, em diferentes passagens, o poder da oração. Além da sua importância como instrumento de contato entre nós e Deus, a oração é também uma arma do cristão na guerra espiritual.

8. Alimente-se do que é bom

Essa dica se estende tanto ao que se pode comer (alimentação), como à vida em geral. Alimente-se de alegria, de boas companhias, de sonhos. Mantenha a mente em sintonia com a fé, com a esperança e assim estará não apenas relaxando a mente e o corpo, mas construindo uma vida mais harmoniosa.

9. Não guarde mágoas

Sabe-se que alimentar a raiva é prejudicial à saúde. Todos sabem que o fator emocional influencia à saúde do corpo e da mente e a mágoa, quando alimentada, causa cansaço físico e mental. Portanto, uma forma de buscar um relaxamento mental é eliminar as mágoas e exercitar o perdão. Experimente sorrir e desculpar.

10. Faça pequenas pausas entre as atividades

Quando o corpo estiver correndo muito, pare um pouco. Na hora da refeição, coma com tranquilidade. Ao resolver questões difíceis no trabalho, não ceda ao desespero. Pense antes de falar quando a paciência estiver escassa. É sempre bom esperar um pouco mais. Como já diziam, a pressa é inimiga da perfeição.

*São apenas 10 dicas, pequenos passos, nos quais você pode se influenciar a seguir outros, os seus próprios, assim como adapta-los da sua maneira. Tornando os frequente em seu dia a dia, você comprovará leveza, paz na mente, maior paciência e calma. Você não precisa fazer todas de uma só vez, em um só dia. Comece aos poucos.
Lembre-se que não vale a pena gastar seus dias, horas, minutos, com as energias negativas e falso positivas que o mundo nos dá gratuitamente. Vale a pena viver genuinamente, em paz consigo, aproveitando cada minuto com prazer. É necessário também, parar para se ouvir, se respeitar, para que possa viver em harmonia consigo.*
Um abraço e muita iluminação para sua semana.

Por Patrícia Batista

Sobre Patricia Batista

Avatar

Veja

Os inimigos desencarnados – Joanna de Ângelis

Página psicografada pelo médium Divaldo P. Franco Não sendo a morte física o aniquilar da …

SUICÍDIO – Para onde vai o suicida?

PARA ONDE VAI UM SUICIDA? Cada espírito é uma história. Alguns suicidas sentem-se presos ao …